O Divino em Festa – São Luiz do Paraitinga

As Cidades têm Vocações.

A grande maioria cultiva as coisas da terra.

Algumas poucas, muito poucas cultivam

as coisas do céu,

Por isso são divinas.

"Convivendo. Vivendo. Vendo. Foi assim que nasceu este livro."

 

O Divino em Festa – São Luiz do Paraitinga, de Nana Vieira, traz um acervo visual inédito sobre a Festa do Divino. Uma explosão de cultura brasileira viva há mais de 200 anos, em um dos últimos redutos caipiras do Estado de São Paulo, a cidade de São Luiz do Paraitinga. Fundada em 1769, é guardiã de uma riqueza patrimonial única no Estado, com grande parte de seu casario tombado, estando há apenas 170 km da cidade de São Paulo.

O livro, lançado em 2009, um ano antes da enchente que aplacou a cidade em janeiro de 2010, traz a memória de um patrimônio histórico e o sentimento dessa festa, uma manifestação cultural que nos transporta a um Brasil remoto e a nossos ancestrais portugueses. Um verdadeiro “caldeirão cultural” que combina ainda referências da cultura negra, trazidas pelos escravos e da cultura cabocla.

O trabalho produzido ao longo de 09 anos, retrata cantos, danças, rezas, cores e a devoção desta comunidade.

 

“As imagens, mais do que contar a festa do Divino, têm a intenção de transmitir um sentimento. Elas nos convidam a mergulhar num mundo aparentemente distante à maioria das pessoas, mas que existe de fato e nos remete a valores essenciais. É como a resposta de um folião quando perguntei o porquê da oração que, cantada em versos, não podia ser compreendida. Ele me respondeu: ‘A fala do Espírito Santo não é entendida nos ouvidos, mas no coração.’

Pensei cá comigo: Que coisa mais bonita, meu Deus!”

O livro

Título: O Divino em Festa - São Luiz do Paraitinga

Textos: J. Rafael Cursino, Simone Fonseca, Aziz Ab’Saber e Suzana Salles

Formato fechado: 26 x 28cm , Nº de páginas: 144

Impressão: 4 x 4 cores em papel couché fosco 170 gr

Tiragem: 2.000 exemplares

Editora: Terra Virgem

PARA COMPRAR SEU LIVRO

The Divine Feast - São Luiz do Paraitinga

 

Cities have vocations.

The great majority cultivate things of the earth.

A few, very few, cultivate things of heaven. For this reason, they are Divine.

 

"Coexisting, living, seeing. This was how this book was born." 

 

The Divine Festival – São Luiz do Paraitinga, by Nana Vieira, brings us a previously unseen visual collection on the Feast of the Divine: an explosion of Brazilian culture, over 200 years old, in one of the last redoubts of traditional culture in the state of São Paulo, the city of São Luiz do Paraitinga. Founded in 1769, the town is home to a cultural heritage unique in the state, with a large part of its colonial period buildings declared heritage sites. São Luiz is located just 170 km from the city of São Paulo.

 

The book, published in 2009, one year before the flood that placated the city in January 2010, brings the memory of a heritage and brings us the feeling of this festival, a cultural manifestation that transports us to a remote Brazil, and to our Portuguese ancestors. A veritable “cultural melting-pot” which also combines references to black   culture brought by African slaves, and the native indigenous, or Caboclo culture. This work, produced over nine years, portrays songs, dance, prayers, colors and sensations.

 

“The images, more than telling the story of the Divine Festival, are intended to transmit a feeling. They invite us to immerse ourselves in a world apparently distant from the majority of people, but which in fact exists and takes us back to essential values. It is like the reply of a devotee when I asked him the reason for prayers, which, chanted in verses, cannot be understood. He replied: ‘The speech of the Holy Spirit is not understood by the ears, but by the heart.’

And I thought to myself: My God, how beautiful!”

The book 

Title: O Divino em Festa - São Luiz do Paraitinga                                                                      

Texts: J. Rafael Cursino, Simone Fonseca, Aziz Ab’Saber and Suzana Salles

Closed format:  26 x 28 cm  No. of pages:    144

Printing:  4 x 4 colors in 170 gr. matte couché paper

Print run: 2,000 copies

BUY YOUR BOOK